10 de Dezembro de 2017 - Ilanna Araújo - (1488 acessos) Comentário

SENSIBILIDADE DENTÁRIA

É uma dor que sentimos devido a exposição dos túbulos dentinários que se manifesta ao ingerir bebidas/alimentos frios ou quentes, bem como, doces e ácidos. Várias são as causas da sensibilidade: exposição da raiz (retração gengival), hábitos parafuncionais (bruxismo), presença de cárie, força excessiva durante a escovação, próteses com grampos muito apertados, entre outros.

 

 

O diagnóstico é feito pelo dentista durante a anamnese e avaliação clínica. Em alguns casos a sensibilidade dentária pode desaparecer espontaneamente, ou mediante a tratamentos realizados no consultório como: aplicações de flúor, de verniz cavitário, uso de laser, enfim, cada tratamento será de acordo com a origem do problema.

 

 

Aqui vai algumas dicas para ajudar na prevenção da sensibilidade:

 

 

-Procure comprar escovas de dente que apresentam cerdas macias;

-Evite consumo excessivo de alimentos ácidos como refrigerantes;

-Use pasta para sensibilidade;

-Evitar pastas de dentes abrasivas (clareadoras);

-Visite regularmente o dentista pelo menos a cada 6 meses.

 

 

A colaboração do paciente é indispensável para um tratamento satisfatório da sensibilidade dentária.

 

 

Ilanna Araújo CRO 5281

 

 

-Cirugiã dentista formada pelas Faculdades Integradas de Patos desde 2013

 

 -Especialista em Dentística pela Faculdade COESP em João Pessoa desde 2017.

 

 

Referências:

 

 

QUERIDO, M. T. A.; RASLAN, S. A.; SCHERMA, A. P. Hipersensibilidade dentinária – Revisão de Literatura. R. Periodontia, v.20, n. 2. P. 39-46, junho. 2010.

 

 

VALE, I. S.; BRAMANTE, A. S. Hipersensibilidade dentinária: Diagnóstico e tratamento. Rev. Odontol. Univ., São Paulo, v.11, n.3, p. 207-213, jul./set. 1997.

 

 

 

 

 

 

 

Social:

19 de Janeiro de 2018

Publicidade

Visitas até o momento