30 de Janeiro de 2024 - Rodrigo Cézar - (1222 acessos) Comentário


Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras com chuvas variando de normais a acima da média em fevereiro, prevê Dr. Rodrigo Cézar

De acordo com o estudioso do clima e de várias áreas da Física Rodrigo Cézar, o fenômeno El Niño continuará ativo na região central do Pacífico Equatorial no mês de fevereiro, com isso, as chuvas poderão ser em muitos momentos mal distribuídas, no entanto, com o Atlântico Sul bem quente na altura da costa leste do Nordeste agora no final de janeiro, e o Atlântico Norte mais frio a cada atualização do campo de anomalias de temperatura da superfície do mar, a perspectiva é de chuvas irregulares ao longo do mês, mas muitos locais do semiárido da Paraíba, Pernambuco e Ceará poderão registrar bons índices de chuva, a exemplo do que ocorreu em janeiro, onde maioria das localidades do semiárido da Paraíba por exemplo, tiveram chuvas acima da média histórica no mês de janeiro, confirmando até então a previsão do Dr. em Física e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar.

 

 

Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras com chuvas variando de normais a acima da média em fevereiro

 


Claro que essas chuvas não vão se distribuir por igual, pontua o estudioso, que afirmou que em janeiro, mesmo com a tendência de chuvas irregulares no referido mês, maioria das localidades do semiárido da Paraíba teriam chuvas acima da média, algo confirmado. Dessa forma, Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras, mais uma vez poderão ter chuvas acima da média em fevereiro. Os sistemas meteorológicos que devem atuar para produzir chuvas ao longo do mês de fevereiro nos referidos estados são a Zona de Convergência Intertropical e os vórtices ciclônicos de altos níveis.

 

 

Lembrando que a média pluviométrica em Patos em fevereiro é de 138 mm na Empaer, de acordo com a previsão do estudioso, Patos em fevereiro de 2024 deverá registrar 138 mm de chuva ou acima dos 138 mm de chuva.

 

 

Portal Ciência em Foco

 

Social:

23 de Junho de 2024

Publicidade

Visitas até o momento