19 de Abril de 2024 - Rodrigo Cézar - (1454 acessos) Comentário


Vereador Josmá Oliveira vota contra o aumento de salários de prefeito, vice, secretários e vereadores de Patos, confira

A sessão da Câmara de Vereadores de Patos-PB, realizada nesta quinta-feira(18), foi marcada pela votação de dois projetos, um que trata do aumento dos salários dos vereadores e o outro do aumento dos salários de prefeito, vice e secretários do executivo patoense. O salário de vereadores segundo o projeto passaria de 10 mil reais para 17 mil reais, já o de prefeito passaria dos atuais 17 mil reais para 28 mil reais, o de vice-prefeito passaria de 13 mil reais para 17 mil reais, já os salários de secretários do executivo passariam de 8 mil para 13 mil reais, os referidos aumentos passariam a vigorar a partir de janeiro de 2025.

 

 

Quatro vereadores votaram contra, justamente os dá oposição, o primeiro a se mostrar contra os aumentos foi o vereador Josmá Oliveira:

 

 

Que enfatizou em seu discurso:

 

 

A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.
Não é justo viver de privilégios mediante dinheiro tomado da mesa das famílias através de impostos.
Votei contra o aumento de salário de vereadores de 10 mil para 17 mil.
Votei contra o aumento de salário de Prefeito de 17 mil para 28 mil.
Não sou e não quero ser melhor que ninguém, mas eu entrei para fazer diferente.
 
 
 
 
Os referidos projetos foram aprovados pela maioria dos vereadores da casa que são aliados do atual prefeito Nabor Wanderley.
 
 
 
Rodrigo Cézar - Portal Ciência em Foco
Social:

23 de Junho de 2024

Publicidade

Visitas até o momento